O CineEco acolheu na sua 25ª edição a organização do GFN Award. Este prémio elege, anualmente, a melhor longa e melhor curta metragem internacional e em 2019 foi anunciado o vencedor em Seia no CineEco.

Cada um dos 39 festivais da rede GFN indicou uma curta e uma longa metragem e um júri, composto por um representante de cada festival, nomeou o vencedor de cada categoria. Este prémio foi criado em 2014 e pretende contribuir para a exposição mundial das melhores obras cinematográficas ambientais.

Os filmes vencedores foram revelados na sessão de apresentação da 25ª edição do CineEco, no dia 21 de setembro e foram depois exibidos durante a semana em que decorreu o festival.

O vencedor da Longa Metragem foi o filme “FROTA FANTASMA” (“Ghost Fleet”) de Shannon Service e Jeffrey Waldron
Trailer

O vencedor da Curta Metragem foi o filme “MUNDO PERDIDO” (“Lost World”) de Kalyanee Mam.
Trailer

Finalistas da Melhor Longa-Metragem:

“O ELEMENTO HUMANO” (The Human Element) de Matthew Testa, nomeado pelo San Francisco Green Film Festival, Califórnia, EUA;

“JUVENTUDE IMPARÁVEL” (Youth Unstoppable) de Slater Jewell-Kemker, nomeado pelo FINCA – Festival Internacional de Cinema Ambiental, Buenos Aires, Argentina e pelo Planet in Focus – Festival de Cinema Ambiental, Toronto, Canadá;

“PEIXE DOURADO, PEIXE AFRICANO” (Golden Fish, African Fish) de Thomas Grand e Moussa Diop nomeados pelo Green Image Film Festival, Tóquio, Japão;

“LANÇAS DE TODOS OS LADOS” (Spears From All Sides) de Christopher Walker nomeado pelo FReDD Festival – Film, Research and Sustainable Development, Toulouse, França;

“FROTA FANTASMA DO SERVIÇO SHANNON” (Ghost Fleet of Shannon Service), de Jeffrey Waldron, nomeado pelo Cinema Planeta, Festival Internacional de Cine y Medio Ambiente de México, México.

Finalistas da Melhor Curta-Metragem

“MANTA INVISÍVEL” (Invisible Blanket) de Pasha Reshikov, nomeado pelo San Francis-co Green Film Festival, Califórnia, EUA;

“WIÑOY XIPANTV, MAIS UMA VOLTA AO SOL” (Wiñoy Xipantv, Another Turn Round the Sun) de Vacabonsai Audiovisual Collective, nomeado pelo FINCA – Festival Interna-cional de Cinema Ambiental, Buenos Aires, Argentina;

“NUUCA” (Nuuca) de Michelle Latimer nomeada pelo Planet in Focus – Festival de Cinema Ambiental, Toronto, Canadá;

“MUNDO PERDIDO” (Lost World), de Kalyanee Mam, nomeado pelo EDCEFF – Envi-ronmental Film Festival in the Nation’s Capital, Washington, D.C., EUA.